Tenho habilitação há 8 anos e até junho desse ano eu tinha pavor de dirigir, fosse sozinha ou acompanhada. Eu ficava muito chateada pois ao mesmo tempo em que eu tinha vontade de dirigir, tinha medo do que podia acontecer se eu tentasse. Algumas pessoas, que às vezes pensavam que ajudariam, me diziam que era apenas falta de prática. Mas eu sabia que não era só isso, até porque eu suava frio só de pensar em ligar o carro. A sensação que eu tinha é que eu não sabia dirigir, e que nunca tinha passado por uma autoescola.

Ao fazer a avaliação com a psicóloga Salete, percebi que o assunto era sério, mas que dirigir já não seria mais impossível se eu fizesse a minha parte. Posso dizer que o tratamento mudou a minha vida. Foi o melhor investimento que eu fiz. Vale muito a pena. Eu diria que é libertador e hoje estou muito feliz e satisfeita com essa conquista.

 

Carlla Fermino Filus, 26 anos, Jornalista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *