Entender algumas regras e assumir responsabilidades não são atribuições exclusivas da vida adulta. Desde cedo, quando ainda somos crianças é necessário aprender a respeitar limites, o espaço do outro e até qual é a maneira adequada para nos comportarmos em cada situação.

E muitos não percebem, mas o respeito no trânsito é algo que ensinamos mesmo sem perceber para todas as crianças com as quais convivemos enquanto estamos no papel de motorista. Não é apenas o fato de explicar como atravessar a rua com segurança ou qual é a função do sinal vermelho. Tudo o que fazemos é um exemplo que reflete na educação da criança.

Quero aproveitar o início da semana para fazer um alerta. Se você é um motorista agressivo ou que desrespeita algumas normas básicas no trânsito, isso pode fazer com que seu filho se comporte da mesma forma quando conquistar a carteira de habilitação. Ou pode fazer com que ele desenvolva medo de dirigir.

Tenho certeza que não é isso que você deseja, pois quer o melhor para toda a sua família. Então, repense suas atitudes no trânsito e mude o que for necessário para não ser um exemplo de falta de respeito para seu filho. Este é com certeza um passo importante para melhorar a relação entre os motoristas e os limites e regras que devem ser respeitados. Você vai observar resultados imediatos, vale a pena investir na mudança!