Dirigir de forma preventiva é estar sempre atento e reconhecer com antecedência as situações de risco para evitar acidentes. A condução preventiva também nos traz uma maior sensação de segurança ao volante, ou seja, não faltam motivos para seguirmos as 10 dicas abaixo. Confira os passos e compartilhe com os amigos motoristas para garantir um trânsito seguro para todos!

1. Mantenha a distância de segurança

Todo acidente, quando previsível, pode ser evitado. Respeitar uma distância segura do carro da frente é fundamental para ajudar a prevenir colisões. A distância ideal depende de vários fatores, como o clima, a velocidade, as condições da via e também da sua capacidade de reagir. Use o bom senso e mantenha um espaço de quem está na sua frente em que você possa frear com segurança, se acontecer uma emergência.

2. Troque de faixa comado

Na cidade ou na rodovia, não importa: trocar de faixa pode ser um momento delicado para muitos motoristas. Por isso, é importante observar em qual velocidade os carros estão trafegando, para fazer a manobra na mesma velocidade e só fazer a troca se estiver segura. Se não der, espere uma nova oportunidade.

3. Seja gentil no trânsito aprenda a negociar

Gentileza gera gentileza! No trânsito, essa frase não poderia ser mais verdadeira. Ao aprender a negociar com outros motoristas, ao dar espaço para alguém entrar na sua frente ou liberar a via para ultrapassagem, os outros motoristas se contagiam com essas atitudes e reproduzem com os demais. Use a cordialidade para manter um trânsito mais agradável para todos.

4. Leve em consideração os outros usuários do trânsito

O trânsito é o maior ambiente social que existe. Motoristas, motociclistas, ciclistas e pedestres compõem um sistema que precisa da atenção e cuidado de todos. Cooperar e agir em benefício daqueles que estão à sua volta é também cuidar de si.

5. Tenha precaução ao dirigir na chuva

66% dos acidentes que ocorrem em pista molhada são em retas, o que mostra que a di culdade da via não é o que define essas ocorrências. Dirigir de forma preventiva pode salvar vidas, principalmente em casos como esse, em que o motorista é o principal responsável. Diminua a velocidade e use o farol baixo quando estiver dirigindo na chuva.

6. Saiba transitar em pistas alagadas

É importante saber como dirigir em ruas com princípio de alagamento. Antes de tudo, não arrisque passar por áreas que estejam com água acima do centro da roda. Se der pra passar, diminua a velocidade e use marchas reduzidas para evitar que a água respingue no motor. Mantenha a marcha constante, não freie ou pare nesses momentos. E se o carro apagar, não torne a ligar.

7. Tenha cuidado ao dirigir à noite

À noite, é indispensável ter muita cautela para transitar na cidade ou em rodovias, tanto em relação ao carro quanto ao seu próprio estado físico. Se você está se sentindo cansada ou com sono, é melhor parar e descansar para retomar a viagem ou fazer seu trajeto com mais segurança.

8. Adapte-se aos diferentes tipos de luminosidade

Ao transitar pela cidade, passamos por diversas situações que precisam da nossa atenção em relação à luz, como atravessar um túnel ou dirigir ao anoitecer. Escolher o farol certo ajuda a enxergar buracos e obstáculos, além de não atrapalhar a visibilidade dos outros motoristas.

9. Conheça as vias por onde transita

Da próxima vez que sair de carro, note: se é um caminho que conhece, você consegue prever situações que precisam de atenção, como um buraco ou uma lombada. Assim, se previne de possíveis acidentes. Caso precise dirigir por vias desconhecidas, dobre a sua atenção.

10. Procure ficar tranquila

O nosso emocional pode nos amparar ou nos prejudicar no trânsito. Se estamos bem, a direção vai ser fluida e vamos chegar ao destino sem estresse – além de manter o ambiente mais tranquilo e, assim, mais seguro. Antes de termos o controle do carro, precisamos ter autocontrole, certo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *