Com ajuda da Psicotran descobri que dirigir não era tão difícil como eu imaginava. Eu tinha tanto medo que até andar no banco do passageiro já estava se tornando impossível porque em algumas ocasiões ficava extremamente nervosa e acabava atrapalhando o motorista. Descobri na terapia que procurar alternativas para não dirigir como eu fazia, é comum em pessoas que tem fobia de dirigir. Se precisava ir ao médico e tinha alguém que podia me levar, ótimo! Caso contrário, usava transporte público ou táxi e achava tudo normal.
O que para os outros era fácil, era impossível para mim, e isso foi me deixando depressiva.
Quando me indicaram a Psicotran eu pensei “SERÁ QUE TÊM UM REMÉDIO?” Porque eu achava que só um milagre me faria perder o medo.
Hoje posso falar que o processo de fazer o tratamento na Psicotran não foi com nenhum remédio, pois o efeito de todo remédio passa. Eu perdi meu medo de dirigir mudando de comportamento. Hoje não evito mais entrar no carro. As psicólogas Salete e a Sagry têm todo o conhecimento necessário e me mostraram que sou capaz. A partir daí sem mistério algum, dirigir se tornou algo natural na minha vida.

 

Grazieli Scroccaro, 37 anos, Professora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *