Sempre tive quem dirigisse para mim e, quando alguém dizia para eu dirigir  dizia : “tenho medo” e dai, as pessoas não insistiam.
A única vez que tentei dirigir, entrei em pânico somente de virar a chave no contato do carro, chorei muito e desisti, isso foi em 2012 no meu trabalho quando a empresa ofereceu um curso de off road para gente . No final do dia precisei dizer para minha chefe que eu tinha medo e isso, foi para mim muito frustrante .
Depois disso não quis mais saber de dirigir nem mesmo falar sobre o assunto.
O motivo de ter voltado a mexer com esse assunto foi porque estava desempregada e quando passei em uma entrevista de emprego para eu aceitar a vaga dependia de dirigir.   A distância da minha casa era muito grande e eu precisava dirigir senão seria impossível aceitar.
Busquei ajuda para superar esse medo em dezembro de 2016 e hoje vindo buscar minha alta na Psicotran me emocionei ao lembrar da minha dificuldade no início do tratamento e ao mesmo tempo sinto um alívio e um sentimento incrível de superação !
Tenho a dizer às pessoas que sentem medo de dirigir que não  sintam vergonha de buscar ajuda , eu sofri muito com isso porque me preocupava demais  com a opinião dos outros , mas o que vale é o que você sente e sua necessidade . Busque ajuda!
O trabalho das psicólogas Salete e Sagry é excepcional, elas são muito boa no que fazem.
Obrigada Psicotran

 

Marilia Thiara Rodrigues Basniak, Gestora ambiental, 30 anos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *