Não faltam opções de cores, modelos e itens diferenciados quando decidimos comprar um carro. Alguns estudos já mostram que as mulheres respondem por 40% das vendas de veículos no Brasil. Mas qual comprar? Será que a melhor opção é um seminovo ou um zero? Existe algum modelo que ajuda a manter a segurança no trânsito ao dirigir sozinha?

O primeiro passo é entender que já faz tempo que o veículo deixou de ser sinônimo de status e luxo e passou a ser uma necessidade para realizar várias atividades. Então, seja qual for o automóvel escolhido é muito importante ler o manual e conhecer seu novo companheiro. Esta atividade pode não ser muito divertida, mas é o que garante que você vai ficar mais segura diante de qualquer imprevisto ou alteração, seja um barulho ou uma luz diferente acessa no painel.

Outro cuidado importante no momento da compra são os comentários das outras pessoas. Quando você não tem muita segurança para escolher é bom ouvir algumas dicas, indicações e orientações de amigos e familiares. Muitos vão dizer que os mais econômicos e práticos estão entre as melhores opções. Mas lembre que este carro é seu e é você quem sabe qual é ideal para o seu bolso e realização pessoal.

E pesquisar sobre benefícios e dificuldades de cada modelo também é muito importante. Os automáticos, por exemplo, representam uma boa alternativa que geralmente é deixada de lado por falta de informação. Cuidado com o preconceito de alguns comentários negativos dizendo que você precisa aprender a trocar marchas! A verdade é que no Brasil o uso do carro automático ainda não é percebido como conforto e facilidade para dirigir e sim como algo caro e dispensável. Não sei se esta é a melhor opção para você, mas antes de escolher é sempre muito importante conhecer bem as características de cada modelo!

Evite as típicas desculpas de juntar dinheiro para comprar o carro do ano, apenas para não assumir a direção de um automóvel que será só seu! Fique atenta e aproveite mais uma conquista!