Todos os dias, principalmente quando você está com pressa, aposto que acredita que a faixa ao lado sempre anda mais rápido do que aquela na qual você está com o seu carro. E quando finalmente decide mudar de faixa, parece que o congestionamento e a lentidão te acompanham.

Mas qual é a relação do trânsito com a constante vontade de ganhar? Vou responder esta pergunta com um questionamento para você: quando assume o papel de motorista você presta atenção em quantos carros ultrapassou? Cientistas ingleses descobriram que os motoristas passam 60% do tempo olhando para a frente, 30% olhando para as faixas do lado (pois elas ajudam a manter a direção do carro), e apenas 6% olhando pelo espelho retrovisor. Ou seja, dedicam pouca ou nenhuma atenção aos carros que foram ultrapassados, mas ficam extremamente incomodados quando sentem que estão perdendo, ou seja, quando são ultrapassados.

As pesquisas ainda não descobriram o motivo, mas já foi identificado que o nosso cérebro é mais sensível a perdas. Por isso, nossa tendência natural é prestar atenção nos carros que nos ultrapassam na faixa ao lado e com isso ficar com a falsa sensação de que estão andando mais rápido. Dificilmente você vai conseguir evitar, mas certamente vai lembrar deste texto na próxima vez que passar por esta situação.

E para os impacientes que tem mania de ficar “costurando”para ganhar tempo, vale destacar que uma experiência no Canadá revelou que esta postura garante um benefício de apenas três minutos no seu trajeto, ou seja, nada muito significativo!