Existem as placas de regulamentação, sempre apresentadas na cor vermelha e que, se desrespeitadas, podem resultar em punição com multa para o motorista; as de advertência, apresentadas na cor amarela e que não punem com multa; as educativas (branca); as de indicação (azul) e de orientação (verde).

Algumas dessas placas são comuns em rodovias. Se a viagem for para uma cidade na serra, é provável encontrar as seguintes placas: A-3a, de Pista sinuosa à esquerda (redução de velocidade) e A27, que representa área com desmoronamento. Nesse caso, são placas de advertência. Elas avisam sobre um possível perigo à frente.

Algumas placas são mais difíceis de se encontrar. Tudo depende do lugar onde estamos. Por exemplo: a placa R 21 informa ao condutor do veículo a presença de uma repartição alfandegária, onde a parada é obrigatória. A R 22 informa que a partir do ponto sinalizado é obrigatório o uso de correntes atreladas às rodas.Essa obrigação se refere ao par de rodas motrizes, utilizado em vias não pavimentadas onde existem dificuldades de passagem, como atoleiro e terreno encharcado. A A 23 adverte ao condutor do veículo a existência de uma ponte móvel interrompendo a via.

                      

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *